Você tem um
projeto em mente?

Estamos muito interessados em saber mais sobre o seu projeto!

Entre em contato
ENTRE EM CONTATO
REDE SOCIAIS
Noia Itinerante circula na Rede Cuca conheça a programação.

O NOIA ITINERANTE é a circulação de parte dos filmes premiados no Festival NOIA de Audiovisual Universitário do ano anterior. A Mostra acontece em sete locais da cidade de Fortaleza, distribuídos nas 6 Regionais e na Regional do Centro. As sessões já passaram pela Vila das Artes; pelo Centro Cultural Belchior; pelo Cine Freud (Psicologia/UFC) e pelo Instituto de Cultura e Arte - ICA (Campus do Pici/UFC). E agora é a vez da Rede Cuca receber a programação, que nessa nova etapa agrega a apresentação das bandas vencedoras da Mostra de Bandas do NOIA do ano passado. A itinerância acontecerá no Cuca Barra (11/10), Cuca Mondubim (18/09) e Cuca Jangurussu (25/10), sempre a partir das 15h.

Sendo assim, a programação completa reúne - em cada um dos 3 Cucas, as seguintes ações: palestra sobre “Viabilização de Projetos Culturais”; exibição de curtas-metragens; debate pós-sessão, com a presença de um dos realizadores dos filmes exibidos; e apresentação de 2 (duas) bandas.

O NOIA acontece ininterruptamente há 18 anos e é um espaço híbrido de interferências artísticas de Cinema, Fotografia e Música. Além das mostras competitivas de curtas-metragens (nacional e cearense), fotografia e bandas universitárias, a programação completa inclui sessões especiais e itinerâncias local, nacional e internacional, mostras televisivas e na internet. E o NOIA ITINERANTE é uma dessas ações, que sempre acontece antes do evento e que é uma prévia do que vamos ver na edição do Festival em 2019. O NOIA ITINERANTE é apoiado pela Prefeitura Municipal de Fortaleza, através do VII Edital das Artes de Fortaleza.

Programação

CUCA BARRA - 11/10/19 (sexta)

15h - Palestra “Viabilização de Projetos Culturais”
16h - Exibição dos curtas
17h30 - Debate pós-sessão
19h às 19h50 - Banda EMISCHRAMM
20h às 20h50 - Banda Garotos da Capital

Endereço: Av. Presidente Castelo Branco, 6417 - Barra do Ceará 

CUCA MONDUBIM - 18/10/19 (sexta)

15h - Palestra “Viabilização de Projetos Culturais”
16h - Exibição dos curtas
17h30 - Debate pós-sessão
19h às 19h50 - Banda Filosofia Inverso
20h às 20h50 - Banda Garotos da Capital

Endereço: R. Marlúcia, s/n - Mondubim

CUCA JANGURUSSU - 25/10/19 (sexta)

15h - Palestra “Viabilização de Projetos Culturais”
16h - Exibição dos curtas
17h30 - Debate pós-sessão
19h às 19h50 - Banda Filosofia Inverso
20h às 20h50 - Banda EMISCHRAMM

Endereço: Av. Gov. Leonel Brizola, s/n - Jangurussu

Os filmes

Os filmes exibidos no NOIA ITINERANTE 2019 fazem parte do acervo de 2018, que ano passado premiou os melhores curtas-metragens feitos por estudantes brasileiros. Nossa programação é composta por:

TOMMY BRILHO, de Sávio Fernandes (Unifor/CE), Ficção, 17’44’’, Fortaleza/CE, 2018
Sinopse: Tommy Brilho é o primeiro aluno invisível da universidade. Com isso, surge o grande desafio de ser visto por seu crush. 

KRIS BRONZE, de Larry Machado (UEG/GO), Documentário, 23’03”, Goiânia/GO, 2018
Sinopse: No dia 8 de março, Kelly Cristina prepara uma festa apenas para mulheres. 

MARIA MACULADA, de Bruno Bressam e Leão Neto (Unifor/CE), Documentário, 18’52”, Fortaleza/CE,2018
Sinopse: Maria conta a sua história e, nos acordes das vivências, nos faz ouvir como uma música. Maria, quantas Marias. Sua fortaleza está na pele escamosa que a existência insiste em descascar. Mácula, maculada, Maria. 

SESSÃO ESPECIAL, de Gabriela Queiroz (UFC/CE), Ficção, 15’, Fortaleza, 2018.
Sinopse: Rita é uma senhora apaixonada por cinema, casada com Marco Antônio, um homem hipocondríaco. Com a chegada de um cinema itinerante na sua cidade, e o reencontro de Rita com Marina, a neta de sua ex-vizinha, ela agora tem a oportunidade de ir ao cinema depois de muito tempo. 

As bandas

EMISCHRAMM (Folk - UFC/UECE) existe desde 2012, tendo começado com covers despretensiosos na internet. De lá pra cá, a banda produziu sozinha dois EPs inteiramente autorais: “Emischramm” (2014) e “menina azul estrela” (2017), gravados com o celular e adotando um estilo extremamente low-fi. Em seu novo projeto “Mulheres, Heranças, Estados de Casulo”, cantam sobre feminismo, subjetividades e amadurecimento, com sonoridades que remetem ao folk dos anos 60 e 70.

FILOSOFIA INVERSO (MPB, Regional Rock - UECE) quebra tabus e parâmetros que classificam uma sociedade ou fazem pré-julgamentos. A banda se intitula, antes de tudo, um movimento artístico de música cearense que tem como principal objetivo unir a cultura popular e a música brasileira, no cenário artístico local. A banda expressa em suas composições os anseios da atual sociedade e suas percepções perante a imagem da ação do homem na contemporaneidade, fazendo um paralelo entre o êxodo rural, globalização, industrialização e xenofobia. O resgate das nossas raízes regionais se dá pela sensibilidade artística e musical dos instrumentistas e da influência do maracatu, da toada, do baião, da ciranda, do rock etc.

GAROTOS DA CAPITAL (Rock Alternativo - UFC/UECE) é uma banda de rock brasileiro alternativo, fundada em 2015. O grupo lançou o single “Carnaval” e o EP “Dias Comuns, Noites Insólitas”, que evidenciam influências dentro do Rock brasileiro, britânico e estadunidense. Na música “Bolha”, retrataram como a sociedade contemporânea está inserida em várias bolhas, de onde acha que sabe e conhece tudo.

Palestra: Viabilização de Projetos Culturais

A palestra “Viabilização de Projetos Culturais” integra a programação e acontece antes do início da exibição dos filmes. Os facilitadores são Monique Sousa - publicitária, produtora e gestora cultural, e Paulo Benevides - economista e consultor cultural. As inscrições serão feitas no local, por ordem de chegada


 

 


Você tem um
projeto em mente?

Estamos muito interessados em saber mais sobre o seu projeto!

Entre em contato
ENTRE EM CONTATO
REDE SOCIAIS